ESCULTURA SELVAGEM

A gaúcha Andressa Crossetti costuma posar como modelo vivo para artistas plásticos. A gente entende por quê

 

Fotos Fernanda Preto
Beleza Edu Hyde (Abá MGT)
Styling George Krakowiak (Abá MGT)

 

 

ANDRESSA CROSSETI, 22 ANOS, nunca foi santa. A estonteante morena de olhos verdes – 1,65 metro de altura, 90 cm de busto, 63 cm de cintura e 94 cm de quadril – nasceu em Porto Alegre, mas passou a adolescência em Santa Maria, interior do Rio Grande do Sul. Ali, ela sempre causou polêmica por causa de suas atitudes. “Fui uma adolescente rock and roll, chata, rebelde e cheia de gana para experimentar o mundo”, diz Andressa, que perdeu a virgindade aos 13 anos com um namorado. “Eu era bastante desinibida, bem ninfeta mesmo.”

Três anos atrás, a gaúcha largou o namorado, os amigos, as faculdades (cursava artes visuais durante o dia e ciências sociais à noite na Universidade Federal de Santa Maria), o movimento estudantil e se mudou para São Paulo, onde passou a estudar psicologia na USP. “Sou uma mulher com sede de viver plenamente, movida pela curiosidade e desejo de conhecimento. Busco sempre mais liberdade, abertura e leveza na alma.”

Na capital paulista, Andressa descobriu os museus e os artistas plásticos, para quem começou a posar com frequência como modelo vivo, um trabalho que realiza por prazer. “Nunca tive problema em posar nua. Principalmente para gente séria.” Outro hobby dela é o pole dance, que pratica desde o começo do ano. “Dançar para um cara que a gente gosta é uma doação deliciosa. Mas não considero uma ferramenta de sedução. Só uso nesses termos se a pessoa for realmente especial.” E, sim, existe um homem que tem essa sorte. “Detesto a palavra namoro. Acho que ela reduz a ideia de um relacionamento. Ele já me pediu em namoro, mas decidimos juntos que não precisamos rotular para deixarmos a relação mais espontânea e verdadeira possível. Tenho um relacionamento de carinho, respeito, monogamia e tesão com o qual, ao menos por enquanto, estou satisfeita. Acho que alguns consideram isso namoro, mas eu penso apenas que estou adorando conhecê-lo cada vez mais.”

 

 

Créditos:

Produção executiva Marina Felício
Produção de moda Prya Fraise
Assistente de foto Rebeca Figueiredo