JAVIER BARDEM

O sedutor vilão de 007 – Operação Skyfall é a mais recente prova de que o espanhol é um dos mais talentosos atores de sua geração

 

"Nós atores temos que nos expressar intensamente, confrontar nossos fantasmas e nossa maldade interna. E não ter medo dela”

007 – Operação Skyfall, o novo filme da franquia James Bond, conta com bons trunfos para ser um dos grandes sucessos de 2012. A produção foi lançada no 50º aniversário do mais famoso agente secreto do cinema e chega às telas após publicidade sem precedentes do personagem James Bond durante a abertura dos Jogos Olímpicos deste ano, em Londres. O que faz do novo longa-metragem de 007 uma obra acima da média, porém, é a presença de Javier Bardem no papel do vilão Raoul Silva. O sedutor ciberterrorista Silva vem sendo considerado um dos maiores, senão o maior, antagonista de Bond de todos os tempos. Nenhuma novidade para Bardem, o primeiro espanhol a ganhar um Oscar (em 2008, por sua atuação em Onde os fracos não têm vez) e um dos mais talentosos atores de sua geração. Nascido em Las Palmas há 43 anos em uma família de atores, Bardem galgava uma promissora carreira de jogador de rúgbi antes de receber seu primeiro grande papel em Jamón, jamón, de Bigas Luna, em 1992. Hoje o canário grandalhão de nariz desforme coleciona prêmios e trabalhos com os principais cineastas da atualidade, de Pedro Almodóvar aos irmãos Joel e Ethan Coen, passando por Woody Allen. Apesar de ter Hollywood a seus pés, o astro prefere viver em Madri com a esposa, a espetacular Penélope Cruz, e o pequeno filho do casal, Leo.