DUBLÊ DE DESIGNER

Não satisfeito em ter uma carreira de sucesso, um ganho anual estimado em US$ 20 milhões e Angelina Jolie a seu lado, Brad Pitt agora é também designer de móveis

 

O ator americano acaba de lançar uma linha com 12 peças, que inclui desde uma cama em estilo art déco até uma banheira de mármore, passando por mesas de jantar e de centro com bases formadas por desenhos geométricos. Excentricidade ou não, o fato é que o interesse de Pitt pela arquitetura vem de longa data, a ponto de o ator ter criado, em 2006, uma ONG dedicada à construção de moradias populares, nos Estados Unidos, para ajudar as vítimas do furacão Katrina, que devastou New Orleans em 2005. Mas a empreitada como designer começou mesmo há quatro anos, quando o arquiteto americano Frank Pollaro, em visita à mansão Pitt-Jolie, viu sobre a mesa do casal um caderno com rascunhos de mobiliário. Diante de uma inegável oportunidade de marketing, Pollaro sugeriu, então, que os dois trabalhassem juntos na execução das peças – “Desenhadas por Pitt e construídas por Pollaro”, segundo o slogan. O mobiliário, porém, é para poucos: além de serem feitos apenas sob encomenda, as edições serão limitadas a nove unidades por peça. Os valores são mantidos em sigilo, mas o próprio Pollaro deu uma dica, durante a apresentação dos produtos, em Nova York: “O preço dos meus produtos é tipicamente bem alto. E essa linha vai ser ainda mais cara”, disparou o arquiteto.

O arquiteto Frank Pollaro e o ator Brad Pitt durante uma das reuniões para discutir a linha de mobiliário Pitt-Pollaro. As peças levaram quatro anos para sair do papel