MUSA DO MÊS

A cantora americana Katy Perry, que lançou a seu quarto disco, Prism, no dia 22 de outubro, tem abalado as paradas de sucesso com o clipe de Roar, a primeira música divulgada do novo trabalho.

 

Por Piti Vieira

 

A produção mostra a diva em apuros com seu namorado fictício, depois que o avião em que estavam cai numa floresta. No meio da história, a estrela pop encarna seu lado selvagem e vira uma sensual rainha da selva. Somadas todas as vendas desde o seu lançamento, Roar registra 2,1 milhões de downloads só nos EUA, o que rendeu a Perry um certificado de platina duplo.

 

 Esta entre nós

Ozzy Osbourne (vocal), Tony Iommi (guitarra) e Geezer Butler (baixo) trazem ao País a turnê Reunion, com clássicos da banda e novas canções gravadas no álbum 13, lançado este ano. Com ingressos praticamente esgotados, o grupo toca em Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Os quatro shows contam com abertura da banda Megadeth.

13 marca a volta de Ozzy aos vocais da banda depois de 35 anos e deu ao grupo a primeira liderança nas paradas britânicas em mais de 40 anos. O trio não entrava em estúdio desde Never say die!, lançado em 1978. A produção foi de Rick Rubin e o baterista escolhido foi Brad Wilk, do Rage Against the Machine. Ele substituiu Bill Ward, único membro da formação original fora das gravações e da turnê. Ward explicou que não foi capaz de chegar a um acordo com os demais músicos.

O metal sombrio do Black Sabbath, juntamente com o Deep Purple, capturou a o clima do fim dos anos 60, quando o sonho hippie acabou, e criou as fundações de toda uma nova subcultura. Com o sucesso de Black Sabbath (1970), Paranoid (1970) e Master of Reality (1971), seus três primeiros álbuns, a banda logo se tornou uma das mais populares do planeta. Conheça mais sobre o mítico grupo, que vendeu mais de 70 milhões de álbuns ao longo da carreira.

1 – O nome definitivo da banda surgiu em Hamburgo, na Alemanha, quando eles excursionavam ainda com o nome Earth. A ideia da mudança surgiu, inicialmente, pelo fato de terem descoberto que já havia outra banda que utilizava esse nome. Um dia, enquanto andavam pelas ruas de Hamburgo, notaram que um cinema estava com uma enorme fila. Procuraram saber que filme era aquele que chamava tanta atenção. Era o clássico de terror de Boris Karloff chamado Black Sabbath. Bingo!

2 – Ozzy Osbourne conta que até hoje a sua mãe guarda um postal que ele lhe havia enviado e que dizia mais ou menos o seguinte: “Mãe, mudamos o nome da banda para Black Sabbath. Quem sabe agora chegou a hora do ‘sucesso’?” Ele enfatizou a palavra, colocando-a, inclusive, entre aspas, com um tom irônico.

3 – Até o momento, 22 músicos já passaram pela banda, mas somente Tony Iommi continua como membro presente em todas as fases.

4 – O primeiro LP da banda, intitulado Black Sabbath, foi lançado em 13 de fevereiro de 1970, uma sexta-feira13. Gravado em apenas três dias, custou módicas 600 libras. O debute do Sabbath continha os riffs de guitarra que viriam a sedimentar o que se chamaria de heavy metal anos depois.

5 – Em seus primeiros dias, a banda foi convidada por um grupo de satanistas para acompanhar cultos em Stonehenge, monumento pré-histórico no interior da Inglaterra. Eles se recusaram e acabaram alvo de uma maldição satânica. Para se proteger, Ozzy pediu para seu pai confeccionar cruzes e todos foram se abençoar na igreja.

6 – Em 1979, quando Ozzy foi despedido da banda pelo envolvimento com drogas e álcool, Ronnie James Dio entrou em seu lugar. Dio foi protagonista de álbuns importantes, como Heaven and hell e Mob rules. Ele foi popular também pelo gesto que simula chifres de diabo.

7 – Ozzy mordeu a cabeça de uma pomba depois de assinar um contrato de gravação solo em 1981. Segundo ele, Sharon, sua atual esposa e empresária da banda na época, havia lhe dado dois pombos para soltar na sala de imprensa. Ele assim o fez. Mas um dos pombos não voou e o músico lhe arrancou a cabeça e jogou o corpo na mesa esperando todos verem o “lado engraçado” disso.

8 – Em 1982, durante um show nos EUA, Ozzy mordeu um morcego de verdade achando que era de borracha. Acabou tendo de levar várias injeções para evitar doenças

9 – Iommi perdeu os dedos anelar e do meio em uma fábrica de chapas de metal quando tinha 17 anos. Depois disso, teve de reaprender a fazer coisas com a mão esquerda, inclusive tocar guitarra, quando começou a usar cordas mais simples e leves para seus dedos.

10 – Nos anos 70, a banda tinha a mania de gravar em castelos supostamente mal-assombrados. Pararam com isso quando o álcool e as drogas os levaram a ver fantasmas.

 

Dois Irmãos e Um Tio Doidão

Os irmãos e músicos André e Murilo Faria, de 34 e 29 anos, respectivamente, são os gênios por trás do disco Is love, de uma das bandas novas prediletas desta coluna, chamada Aldo, The Band. O nome do grupo (que também conta com o baterista Érico Theobaldo e o baixista Isidoro Cobra) foi dado em homenagem ao tio da dupla, Aldo, um figura, como os próprios o descrevem, que costumava levar os sobrinhos para viverem momentos inesquecíveis pela noite paulistana. “Ele era folclórico. Nos fins de semana nos levava para o clube do São Paulo (eu tinha 12, o Murilo, 8), nos deixava na piscina e ia tomar cerveja (hoje a gente sabe que ele fazia bem mais). Voltava no fim do dia, mais engraçado”, conta André à Status. “Aí, ele colocava a gente em seu Santana Sport vermelho e ia para a rua Augusta apavorar de carro.”Essas experiências com o tio Aldo, hoje evangélico, deram vida ao primeiro álbum do grupo, lançado este ano, com venda pelo iTunes. São oito faixas perfeitas para a pista de dança, que contam histórias com prostitutas, rachas em grandes avenidas e outras aventuras vividas em família. “Cada música fala de uma história ou, pelo menos, de como a gente interpreta aquilo. Mas todas levam a filosofia de vida do tio Aldo na época”, diz André.

No começo do projeto, dona Sandra, mãe de Murilo e André, proibiu que eles usassem o nome do seu irmão, para evitar uma briga familiar.“Passamos até a chamar o grupo de Nelson e fizemos uma música com esse nome, que acabou entrando no disco. Mas a gente terminou não curtindo muito a ideia e resolveu voltar ao Aldo, porque ele está vivo e merecia a homenagem”, diz André. Ele e Murilo pediram para a mãe fazer um jantar em casa e convidar o tio. Os rapazes contaram a história da banda para ele, que pediu para ouvir as músicas. “Como as letras são em inglês, ele não entendia nada, mas curtiu as músicas. No fim, virou para a minha mãe e disse: ‘Sandra, deixa os meninos se divertirem’. Quando o disco ficou pronto, mandamos para ele. Minha tia disse que ele chorou quando viu.”

O disco Is love, que deve sair em vinil em breve, pode ser ouvido gratuitamente no www.soundcloud.com/aldo-the-band.

 

Área Mais do que Vip

Assistir a um show de seu artista favorito é sempre um momento especial. Mas a experiência fica ainda mais incrível graças aos pacotes da empresa americana VIP Nation, especializada em levar os fãs para apreciar o espetáculo em lugares privilegiados e até passar alguns momentos com o ídolo. E o serviço não funciona só nos EUA. Em sua passagem pela América do Sul, Ozzy Osbourne pretende dar a oportunidade a alguns dos fãs mais ardorosos do Black Sabbath de conhecê-lo pessoalmente. Por US$ 750 dólares eles poderão tirar fotos com o vocalista e ganhar outros presentes exclusivos, como credencial, entrada antecipada ao local do show, loja de suvenires livre de público, entre outras regalias.
www.vipnation.com

 

Agenda

  • O festival Monsters of Rock terá Aerosmith, Slipknot, Korn, Whitesnake/David Coverdale, Limp Bizkit, RATT, Hatebreed, Queensryche, Killswitch Engage, Gojira e Buckcherry. O evento acontece nos dias 19 e 20 de outubro na Arena Anhembi, em São Paulo.
  • O Red Hot Chili Peppers toca no Mega Space, em Santa Luzia, na Grande Belo Horizonte, no dia 2 de novembro, e no Rio de Janeiro, no dia 9 de novembro, no Parque dos Atletas. Os shows fazem parte do festival Circuito Banco do Brasil, que também traz as bandas Yeah Yeah Yeahs, O Rappa e Jota Quest, entre outras.
  • The Roots, Lana Del Rey, Blur, Beck e Palma Violets são algumas das atrações principais do Festival Planeta Terra, que acontece no Campo de Marte, em São Paulo, no dia 9 de novembro.