BAÑO DE AGUA SANTA

Brincadeira perigosa

 

Por Piti Vieira

 

A cidade no centro do Equador oferece aos turistas a chance de subir em um balanço que não é para qualquer um. Instalado em uma casa na árvore a 2.600 metros do nível do mar, o brinquedo fica na beira de um precipício. O “balanço do fim do mundo”, como é conhecido, oferece uma vista privilegiada do vulcão Tungurahua, também chamado de “gigante negro”, ainda ativo. Quem encara o desafio se projeta sobre o vazio, sem nenhuma proteção. No local mora um senhor de mais de 70 anos que monitora a atividade do vulcão e recebe os turistas, dando explicações sobre sismologia.

 

João Pessoa

Futebol arte

Em maio, a capital da Paraíba, uma das cidades sub-sedes da Copa do Mundo, se transformará em um centro de cultura futebolística ao abrigar a maior exposição itinerante sobre o tema já realizada. A We speak football (do inglês, Nós Falamos Futebol) terá relíquias dos mais de 150 anos do esporte, como a camisa que Pelé usou na Copa de 1958 (foto), além de recursos audiovisuais mostrando os lances mais importantes dos mundiais. Os organizadores esperam levar a exposição a diversos países até encerrá-la na Copa de 2022, no Catar. wespeakfootball.org

 

Londres

Cinema verdade

Um grupo de entusiastas ingleses da sétima arte criou o Secret Cinema com a proposta de, uma vez por mês, fazer uma sessão de cinema num local inusitado da cidade – um parque, um estacionamento, um túnel – com interações e surpresas relacionadas ao filme exibido. No dia da sessão, com todos os espectadores vestidos como personagens do filme em cartaz (como as gangues do filme Gangues de Nova York, por exemplo), os organizadores levam as pessoas para cenários reproduzidos do longa. Só depois da experiência o filme é exibido. secretcinema.org

 

Genebra

Café-trem

Depois de instalar suas lojas em estações de trem por toda a Europa, a gigante americana do café Starbucks abriu a sua primeira filial em um vagão da Swiss Federal Railways (SBB), a linha ferroviária nacional suíça. Funcionando desde novembro do ano passado, na rota feita a partir do Aeroporto de Genebra até a comuna de St. Gallen, o espaço oferece aos passageiros um lanche recheado de guloseimas, bar para ficar em pé e uma área de estar no segundo nível, onde bancos e poltronas móveis de couro e mesas de madeira podem acomodar até 50 pessoas. starbucks.com

 

Bonn

Turismo alternativo

O hostel Basecamp Bonn Youth, no sul da Alemanha, mistura hotel convencional e acampamento de férias, com 15 trailers vintage, dois trens-dormitório e dois motorhomes. O proprietário disse ter visto uma oportunidade de negócio após visitar um armazém vazio com os veículos, e decidiu começar seu projeto instalando 120 camas, distribuídas por todos os trailers e trens disponíveis. O hóspede ainda tem direito a todos os serviços de um hotel normal: Wi-Fi, camareira e café da manhã. A diária custa 54 euros. basecamp-bonn.de

 

Tel-Aviv

Ritual noturno

Localizado em uma galeria em frente à Grande Sinagoga, o Teder (frequência de rádio, em hebraico) é o reino dos descolados da capital de Israel. Patrocinado por alguns dos melhores clubes de Tel-Aviv, o lugar (com capacidade para 100 pessoas) é frequentado por celebridades locais. No primeiro andar fica o bar, onde todo mundo bebe a cerveja israelense Maccabi e ouve as músicas da pequena estação de rádio de mesmo nome, que fica no segundo andar do edifício. Os idealizadores acabaram se tornando um dos grupos musicais mais influentes da cidade. teder.fm

 

Cabul

Grafite proibidão

O cenário de violência tem tomado conta do Afeganistão já faz mais de uma década. Mas duas mulheres, as primeiras grafiteiras do país, se uniram para mudar essa realidade. Além de cobrir os sinais da guerra nas ruas com belos grafites, a dupla Shamsia Hassani e Malina Suliman usa a arte urbana para encorajar outras mulheres afegãs a lutarem pelos seus interesses e exigirem igualdade na sociedade islâ-mica. Apesar da força de vontade, o caminho para elas nem sempre é fácil, tanto é que se arriscam com o spray saindo escondidas durante a noite. kabulartproject.com

 

Hashima

Ilha fantasma

Em 1890, a Mitsubishi deu início no Japão a um projeto ambicioso: construir uma cidade no meio do mar. Para isso, a empresa comprou a ilha de Hashima, na província de Nagasaki. O local, que chegou a ter cinco mil moradores, hoje é uma cidade fantasma. Mas depois que serviu de inspiração para o quartel general do vilão do filme 007 – Operação Skyfall, começou a atrair turistas de todo o planeta e até passou a ser possível passear virtualmente pelos seus destroços via Google Street View, que recebeu autorização para que o local fosse mapeado. maps.google.com.br