O RENASCIMENTO DE GODZILLA

Clássico monstro japonês completa 50 anos e ganha nova versão, agora em 3D e com a história original

 

Por Endrigo Chiri

 

STATUS 36 - APPROACH,PROJEÇÃO

 

Depois de várias versões ruins, a começar pela primeira, lançada em 1956, nos EUA, dois anos depois do lançamento do clássico japonês, finalmente Hollywood tem a chance de se redimir com o misterioso monstro marinho. A versão 2014 de Godzilla, dirigida pelo britânico Gareth Edwards e estrelada por Aaron Taylor-Johnson, Bryan Cranston (Walter White, de Breaking bad), Juliette Binoche e Ken Watanabe, celebra com o devido respeito o aniversário de 50 anos do temido “Gojira” ao agregar toda a tecnologia disponível no cinema atual, mas sem desrespeitar a essência do roteiro original, escrito por Ishirô Honda, Shigeru Kayama e Takeo Murata.

STATUS 36 - APPROACH,PROJEÇÃO

 

TELA QUENTE

A Marina da Glória, no Rio de Janeiro, recebe a edição 2014 do maior festival de cinema ao ar livre do mundo

STATUS 36 - APPROACH,PROJEÇÃO

Céu estrelado, Baía de Guanabara e pipoca. Não é sempre que este combo está disponível no cardápio dos cinéfilos cariocas. De 15 de maio a 1o de junho, o Vivo Open Air atraca na Marina da Glória com sua tela de cinema gigante para exibir desde filmes clássicos como Laranja mecânica (1972) até pré-estreias, como é o caso de O teorema zero, de Terry Gilliam. O novo filme do diretor de 12 macacos é uma ficção científica que conta a história de um recluso e atormentado gênio da computação (interpretado por Christoph Waltz) que tenta desvendar o propósito da existência humana. E, ao fim de cada sessão, as já consagradas festas e shows do evento dominam a programação. Este ano tem os escoceses do The Jesus and The Mary Chain, B. Negão, Céu e Autoramas no palco. vivo.com.br/openair

STATUS 36 - APPROACH,PROJEÇÃO