O MUNDO DE SEBASTIÃO

O maior fotógrafo brasileiro fala sobre política, ética, história pessoal e os bastidores de suas aventuras em livro autobiográfico

 

Por Marcos Diego Nogueira

 

STATUS 37 - APPROACH, ENTRELINHAS

Recém-retratado por Wim Wenders no documentário O sal da terra – aplaudidíssimo no festival de Cannes deste ano – Sebastião Salgado despe pela primeira vez sua obra em Da minha terra à terra (Cia. das Letras; 176 págs.; R$ 24,90). Autor de inúmeros livros de fotografia em que expõe o inesperado e o inexplorado, o brasileiro discursa, em parceria com a biógrafa Isabelle Francq, sobre sua história pessoal, suas éticas, raízes políticas e os bastidores de aventuras que renderam verdadeiros documentos à humanidade, como o Projeto Gênesis, que registra sua viagem de oito anos – de 2004 a 2012 – por lugares intocados de 30 países diferentes e histórias como a relação do fotógrafo com uma tartaruga. “Levei um dia inteiro para me aproximar dela. Para fazê-la compreender que eu respeitava seu território”, relata.

Wim Wenders e Sebastião Salgado juntos

Wim Wenders e Sebastião Salgado juntos

 

SOPA DE LETRINHAS

Os lançamentos mais interessantes do mês

 

Violência: seis reflexões laterais  (Editora Boitempo; 200 págs.; R$ 36)

STATUS 37 - APPROACH, ENTRELINHAS

Um dos grandes representantes da filosofia moderna, o esloveno Slavoj Zizek fala sobre o fenômeno moderno da violência em que as explosões das ruas estão desassociadas da realidade social, defendendo que as revoltas surgem quando a situação econômica melhora e desperta novas expectativas populares.

 

Briga de cachorro grande (Ed. Intrínseca; 240 págs.; R$ 29)

STATUS 37 - APPROACH, ENTRELINHAS

Lembra no começo do século, ali próximo aos anos 2000, quando se discutia o futuro da internet e as mensagens por celular começavam a se tornar comuns? Foi nessa época que o jornalista Fred Vogelstein começou a acompanhar uma rivalidade cheia de trapaças, intrigas e traições, agora detalhadas em livro, entre os “cachorros grandes” Google e Apple, símbolos atuais do desenvolvimento do mercado de computadores, tablets, smartphones e aplicativos.

 

Guy on Fire: 130 Recipes for Adventures in Outdoor Cooking (Ed. William Morrow Cookbooks; 352 págs.; US$ 18,96)

STATUS 37 - APPROACH, ENTRELINHAS

Figura carimbada nos programas de culinária da televisão americana, Guy Fieri lança um livro direcionado ao público masculino com 130 receitas para “cozinhar do lado de fora de casa”, ou seja, na sua churrasqueira. Fieri ensina desde pratos simples, como o hot dog com relish apimentado, até receitas sofisticadas como salada de chipotle com bacon grelhado.

 

Formas de Voltar para Casa (Ed. Cosac Naify; 159 págs.; R$ 29)

STATUS 37 - APPROACH, ENTRELINHAS

O terceiro romance do chileno Alejandro Zambra lançado no Brasil narra as memórias de um homem que passou a infância durante a ditadura de Augusto Pinochet. E, entre histórias vividas e ouvidas, ele percorre um melancólico, porém instigante, caminho de regresso ao encontro de suas origens.

 

Orange Is the New Black (Ed. Intrínseca; 352 págs.; R$ 24,90)

STATUS 37 - APPROACH, ENTRELINHAS

Piper Kerman detalha com exatidão sua história que posteriormente viraria série de sucesso no Netflix. Em 2002, seu emprego e sua vida pessoal iam muito bem – ela estava prestes a se casar – quando recebeu a visita da polícia, acusada de envolvimento no tráfico internacional de drogas dez anos antes. O resultado foi 15 meses de prisão em uma penitenciária no meio do nada, uma vida pra lá de distante do convencional e, por fim, um livro best-seller.

 

O BOM DAS HQS

STATUS SELECIONA OS MELHORES LANÇAMENTOS DO MÊS DE JUNHO

 

OS IGNORANTES

STATUS 37 - APPROACH, ENTRELINHAS

O álbum nasceu de um encontro entre o autor, Étienne Davodeau, e um amigo, o vinicultor Richard Leroy. O quadrinista não era nenhum expert em vinhos, ao passo que Leroy desconhecia completamente o mundo dos quadrinhos. No período de um ano, Davodeau trabalhou como assistente de Leroy em sua vinícola, com total acesso a sua adega. Em contrapartida, Leroy tinha como lição de casa ler todas as HQs que eram trazidas por Davodeau. E esse registro termina por entreter tanto o paladar quanto os olhos do leitor.
Ed. Nemo – 64 págs. – R$ 39

 

SAFADAS ENCONTROS

STATUS 37 - APPROACH, ENTRELINHAS

Como no primeiro álbum Safadas: verão, publicado em janeiro, o segundo volume traz uma coletânea de quadrinhos em que o erotismo é a palavra-chave. O álbum foi produzido por renomados quadrinistas europeus, como Georges Pichard, Edmond Baudouin, Loustal e Patrick Cauvin, com estilos de desenho e narrativas bastante variados. Os contos vão desde a polêmica da violência sexual no trans-porte público até histórias de traição e fantasia. As outras edições saem ainda este ano: Safadas lingerie e Safa-das Natal.
Ed. Martins Fontes – 272 págs. – R$ 50