WILLEM DAFOE: O ETERNO VILÃO

Com olhar intenso, nariz pontudo e sorriso por vezes diabólico, Willem Dafoe sempre soube que raramente ganharia o papel do mocinho nas telas. 

 

STATUS 37 - APPROACH, PROJEÇÃO

 

Mas ele não reclama, já que construiu a carreira com desempenhos marcantes, como o do sargento de Platoon, o Conde Orlock/Nosferatu de A sombra do vampiro e o Duende Verde da franquia Homem-Aranha. Em O Grande HotelBudapeste, de Wes Anderson, o ator reforça a galeria de tipos estranhos, vivendo o capanga da família de uma ricaça octogenária assassinada misteriosamente. Ele falou à Status:

– De onde vem a tendência em escolher personagens mais desajustados e perturbados?

– Como ator, me dou o direito de me sentir atraído pelo que é moralmente ultrajante. Isso me obriga a buscar as partes mais obscuras de mim mesmo.

– Wes é uma das vozes mais originais do cinema, sempre criando um universo próprio a cada novo filme. É difícil para um ator atingir o tom certo do personagem nos seus filmes?

– Não. O mundo de Wes é tão palpável, a começar pelos figurinos e cenários incríveis que ele
vislumbra, que você se sente sugado imediatamente para o centro. Uma vez nesse mundo, você só precisa se deixar levar. É sempre o universo que dita o comportamento.

– Contribuiu com o look do seu personagem?

– Como interpreto um capataz implacável, que persegue o concierge do hotel (Ralph Fiennes) acusado de matar a hóspede milionária (Tilda Swinton), sugeri uma prótese com dentes de buldogue. Wes aprovou, o que me permitiu brincar com a ideia de ele ser um cão de guarda.

– É verdade que você não gosta de ficar no trailer durante os intervalos de filmagem?

– Nunca uso o trailer. Isso é coisa para astro. Eu gosto de ver tudo o que está acontecendo, o que até me ajuda a entrar mais rapidamente em sintonia com o trabalho dos colegas. Tenho antipatia pelos atores que só saem do trailer quando alguém da produção bate em suas portas, dizendo que chegou a hora de rodar. É como se eles não quisessem se misturar com os demais.

STATUS 37 - APPROACH, PROJEÇÃO

Em ação com Adrien Brody e Ralph Fiennes no filme O Grande Hotel Budapeste

STATUS 37 - APPROACH, PROJEÇÃO

STATUS 37 - APPROACH, PROJEÇÃO

STATUS 37 - APPROACH, PROJEÇÃO

STATUS 37 - APPROACH, PROJEÇÃO