SEM MEDO DE ARRISCAR

No ano em que completa 13 anos de formação, o Mombojó lança Alexandre, quinto disco e o mais experimental da carreira da banda pernambucana

 

Por Piti Vieira

 

STATUS 38 - APPROACH, PLAY

 

O Mombojó, uma das principais revelações nacionais dos anos 2000, sempre elogiado pela crítica – até com o prêmio de Melhor Grupo Musical da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) – , chega aos 13 anos de estrada com seu disco mais experimental, Alexandre, gravado com improvisos e programações de bateria eletrônica. É a primeira vez que eles – o grupo é atualmente formado pelos irmãos Marcelo (guitarra) e Vicente Machado (bateria), Felipe S (voz e guitarra) e Chiquinho (teclado) – se permitem compor usando recursos digitais. “Estamos mais confiantes, sem medo de arriscar e dispostos a mudanças”, diz Chiquinho.
O título resgata uma piada interna do início da carreira do grupo pernambucano: o pai de Samuel Vieira, ex-baixista da banda, que atualmente investe na carreira de ator e interpreta o músico Igor na novela global Geração Brasil, tinha um teclado que dizia “Are you sure?”, o que para eles soava como “Alexandre”. E foi por achar que a atmosfera criativa atual remete a essa época que o grupo decidiu escolher o nome. “Alexandre foi quase inteiro concebido dentro do estúdio, em poucos meses. Por isso, algumas músicas começaram a ser gravadas sem existir, quase como imagens que queríamos transformar em música”, diz Vicente.
Em busca do autoconhecimento, o conjunto explora suas qualidades e deixa suas influências serem aplicadas como nunca antes haviam sido. O álbum, que abre com a engajada Rebuliço, criada com bateria de iPad e tendo o Radiohead como referência, conta com participações de peso. A mais inesperada delas é a da vocalista Laetitia Sadier, da banda franco-britânica Stereolab, na faixa Summer long. Laetitia recebeu da banda a música quase pronta, apenas dizendo a ela o mote da canção, que era falar das memórias da infância. Ela inseriu letra e voz, suprimindo o vocal de Felipe S e se tornando a voz principal da música. “Foi uma situação inacreditável para nós. Ter a pessoa que mais nos influenciou como banda cantando no nosso disco é demais”, diz Chiquinho. Também participam do álbum os músicos China, Vitor Araújo, Buguinha Dub, Yuri Queiroga e o violinista Pedro Mibielli, além da musa Céu dividindo Diz o Leão com o baterista da Nação Zumbi, Pupillo, e o baixista, também Nação, Dengue, em Dance.

STATUS 38 - APPROACH, PLAY

Da esquerda para a direita, Vicente, Felipe S, Chiquinho e Marcelo

 

A VOLTA DO ÍDOLO

STATUS 38 - APPROACH, PLAY

Billy Idol ficou longe das paradas musicais por muito tempo, mas voltará em grande estilo. O músico anunciou que se prepara para lançar um disco de inéditas e uma autobiografia, que leva o nome de um dos maiores hits do músico, Dancing with myself, e chega às livrarias no dia 7 de outubro. O novo trabalho, ainda sem data de comercialização prevista, será lançado pela gravadora BFI Records, do próprio Idol.  A produção é realizada por Trevor Horn, que ganhou o Grammy pela produção da faixa Kiss from a rose, do Seal.

 

CHANTAGEM

STATUS 38 - APPROACH, PLAY

O dinamarquês Loke Rahbek , músico dedicado à eletrônica, não quer dinheiro pela venda do novo álbum de seu projeto paralelo, Croatian amor. Segundo ele, quem quiser comprar The wild palms, disponível apenas em fitas cassete, precisa mandar uma foto nu, de corpo inteiro, com The Wild Palm escrita em alguma parte dele, para o e-mail thewildpalms1989@gmail.com até o dia 22 de julho. “Eu peço que quem tenha as músicas não as divida com ninguém na internet. Em retorno, prometo não mostrar as fotos a ninguém.” E aí, vai topar?

 

MUSA DO MÊS

STATUS 38 - APPROACH, PLAY

Amethyst Amelia Kelly, mais conhecida pelo nome artístico Iggy Azalea, é uma rapper australiana de 23 anos. Ela é também a maior sensação da música no momento. Iggy despontou como uma das grandes estrelas de 2014 depois de lançar The new classic, seu primeiro álbum, e estourar com o single Work, que ficou semanas no topo da parada americana. Para completar o pacote, Iggy, que adora sensualizar e mostrar seu corpaço nas redes sociais, é linda e namora Nick Young, astro da NBA que atualmente joga pelo Los Angeles Lakers.

 

YO!

STATUS 38 - APPROACH, PLAY

Clint Dempsey,capitão da seleção americana de futebol, vai lançar um disco de rap sob o nome artístico Deuce. Antes da Copa, o jogador passou duas semanas em Los Angeles gravando o disco, chamado The redux, ao lado do rapper do Texas XO, que já tinha trabalhado com ele em uma música feita para a Copa de 2006. Dempsey canta a respeito de sua trajetória, da pobreza ao estrelato, sobre ser o “Capitão América” e fazer gols.