A ARMA MAIS FATAL DE ISRAEL

A modelo israelense Bar Refaeli, que possui um dos corpos mais desejados do mundo e uma carreira de peso no Universo da moda, como você gostaria de ver

 

Por Piti vieira  |  Fotos Matt Jones (Trunk Archive)

 

STATUS 43 - ENSAIO

Aos 29 anos, a modelo israelense Bar Refaeli, considerada uma das mais belas mulheres do mundo, penou para achar um namorado depois que se separou do ator Leonardo DiCaprio. O casal terminou em 2008. Logo depois, ela engatou alguns affairs pelo mundo, como o empresário brasileiro Ricardo Mansur, mas um amor só voltou a aparecer em 2012. A loira de 1,74 m de altura, 89 cm de busto, 60 cm de cintura e 89 cm de quadril contou ao Yediot Aharonot, jornal do seu país, que a maioria dos homens que conhece tem medo dela, apesar de ela se considerar uma pessoa muito sociável, com muitos amigos e muito dinheiro. “Sou divertida, gosto de sair, de ir ao cinema, jantar fora. Não percebo o que tenho de errado nem por que fiquei sozinha tantos anos”, disse a bela, para quem o ideal de homem é um cara humilde, um exemplo a seguir e alguém por quem sinta admiração. Pelo jeito, também não precisa ter um corpão, já que seu atual namorado, o empresário israelense Adi Ezra, com quem ela foi fotografada recentemente na praia, exibia uma saliente pancinha.

Já Refaeli costuma publicar nas redes sociais imagens de exercícios físicos que pratica e não esconde o quanto gosta de frequentar academias e de surfar. “Sou viciada e dedicada”, postou recentemente no Facebook, como legenda de uma fotografia na qual aparece fazendo abdominais. “O meu corpo é o resultado de muito trabalho. Treino entre quatro e cinco vezes por semana”, diz ela, que não desfila nas semanas de moda por ser muito voluptuosa, mas é conhecida por posar para muitas campanhas de lingerie e de biquínis. Inclusive, a marca americana de lingerie Victoria’s Secret já a selecionou para seu casting de angels, ao lado de Gisele Bündchen, Heidi Klum e Tyra Banks. “Sinto que sou sexy quando preciso estar em frente às câmeras. Quando acordo de manhã e coloco meu jeans e minha camiseta, não me sinto nem perto de ser sexy”, diz a fervorosa torcedora do Barcelona e incondicional fã do futebol de Messi.