NA ESTRADA

Uma tarde pelas deliciosas curvas da estudante de biologia Thays Vita

 

Por Piti Vieira Fotos Raphael PS

 

STATUS 45 - ENSAIO

 

A estudante de biologia e modelo Thays Vita, de 20 anos, não vê problema algum em tirar a roupa para um ensaio sensual. “Nudez é a forma mais bonita de uma pessoa se expor”, diz ela que tem 1,61 metro de altura, 86 cm de busto, 60 cm de cintura e 97 cm de quadril. “Quando me perguntam como me sinto ao tirar a roupa para uma foto, nunca acho uma resposta. Deve ser porque tenho uma visão livre sobre o assunto. Vejo tudo como uma forma de poesia. E sobre meu corpo, eu não tenho preocupações maiores. Possuo todas as marcas que uma pessoa comum possa ter. Não entra na minha cabeça como algumas pessoas ainda têm tabu com o nu”.

A paulistana estudou moda por um tempo, mas resolveu voltar para a faculdade de biologia, que ela já havia cursado durante um ano. “Trabalho como modelo desde os 5 anos, quando desfilava para a marca infantil Lilica Ripilica. Uns anos atrás, desisti de modelar, pois eu queria apenas estudar, era o meu primeiro ano da faculdade. Aí uns amigos fotógrafos me chamaram para fazer alguns trabalhos e eu fui, sem pretensão alguma. Hoje sou modelo independente”, diz ela.

Thays conta que mantém a forma com a corrida. “Detesto academia. Lugar fechado me irrita um pouco. Gosto de correr, escutando música. Quanto à alimentação, eu como de tudo”. E o que mais a gente precisa saber sobre essa gata? “Sou muito independente, muito livre. Também sou a rainha da teimosia, como diria minha mãe e o meu namorado. Aprecio a lealdade. Talvez porque tenha perdoado uma traição. Acho que essa foi a minha maior loucura. Há algo pior do que pisar no próprio ego e recomeçar? Para mim, não. No mais, sou bem supersticiosa, tenho mania de pisar com o pé direito ao acordar, e adoraria realizar minha fantasia sexual que envolve sadomasoquismo”.