PEGUE LEVE!

Com ingredientes orgânicos e receitas modernas, ficar sem comer carne não precisa ser mais um sacrifício

 

Por Pedro Marques

 

STATUS 46 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

O verão já ficou para trás. Agora, meu amigo, é hora de parar e avaliar o impacto que todos os churrascos, festas e drinques dos últimos meses causaram na sua barriga. Diante do estrago, investir em uma alimentação mais saudável e pegar leve, nem que seja por um tempo, pode ser uma opção para colocar o organismo em dia e se sentir melhor. E, embora pareça meio radical, cortar a carne do dia-a-dia é uma maneira de reencontrar o equilíbrio. O mais importante é que você não precisa abrir mão do sabor. Os restaurantes e chefs adeptos às novidades vegetarianas estão cada vez mais fugindo dos pratos com pegada indiana e com proteína de soja, que marcam presença nos restaurantes sem carne. No lugar, apostam em ingredientes orgânicos e frescos para agradar o paladar do maior número de pessoas possível.

STATUS 46 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

“Mais do que fazer comida sem carne, a preocupação é a conexão com a terra e trabalhar com os melhores ingredientes”, explica a chef Cláudia Mattos Madhav, do Espaço Zym, no bairro da Lapa (São Paulo), que reúne café, restaurante e espaço para terapias alternativas. A chef Priscilla Herrera, do restaurante Banana Verde, na Vila Madalena (São Paulo), concorda: “A tendência hoje é trabalhar com alimentos orgânicos e produtos da estação.”As duas chefs defendem que os ingredientes orgânicos e sazonais são mais gostosos – e isso reflete nos pratos servidos em seus restaurantes. “Um tomate, por exemplo, vai estar em seu melhor momento. Além de mais gostoso, também terá mais nutrientes”, afirma Cláudia, do Espaço Zym. Um exemplo é o farfale com cogumelos, tomates e abóbora, do Zym, e o bobó de shimeji, purê de cará, arroz bolinha com brocólis e farofa de castanhas, do Banana Verde.A seguir, confira dicas das chefs de onde comer e o que fazer para aderir a uma alimentação sem carne. Sem sacrificar o paladar.

 

STATUS 46 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

bobó de cogumelos, arroz e farofa de castanha, do Banana Verde

STATUS 46 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

shimeji, palmito e legumes grelhados, do Espaço Zym

STATUS 46 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

STATUS 46 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA