SÓ DÁ ELE

O número de lanchonetes especializadas em hambúrguer não para de crescer. Conheça as boas novidades

 

Por Pedro Marques

 

Se tem uma coisa que não falta no Brasil são lugares para comer um bom hambúrguer. Desde lanches clássicos, com aquela maionese da casa verdinha, até sandubas mais caprichados, com discos de carne altos e interior rosado, há opções para todos os gostos. Prova de que o sanduíche conquistou o paladar da galera é que não param de surgir novas hamburguerias.Em São Paulo, uma das casas mais novas é o Holy Burger, no bairro de Santa Cecília (Centro). Tocada pelos sócios Gabriel Prieto, Felipe Fernandes e Marcos Vinicius Massarenti, a lanchonete começou como uma barraca itinerante, atuando nas feirinhas gastronômicas da cidade. Depois de ver que o negócio ia bem, obrigado, o trio decidiu se estabelecer em um ponto fixo. “O hambúrguer é uma comida democrática, é relativamente acessível, você sabe que não vai gastar muito”, afirma Gabriel Prieto. “E é muito versátil, agrada até quem está de dieta”, opina. O chef Alex Caputo é outro que fez o caminho das ruas para uma lanchonete. Dono de dois food trucks da marca Wings Burger, Caputo vende mais de 8 mil sanduíches por mês.

O sucesso com os lanches – alguns usam até pães coloridos – fez com que ele decidisse abrir um restaurante. “A gente ainda não consegue explicar muito bem, mas o hambúrguer é a comida preferida das ruas”, diz. E mesmo quem não tem o sanduba como carro-chefe tem apostado na popularidade do petisco. O restaurante Tria, em Moema (São Paulo), por exemplo, criou variações com uma pegada mais brasileira, como as versões com carne de jacaré e o de frango com pequi. A seguir, confira novidades para quem não dispensa um bom hambúrguer – seja ele ao estilo clássico ou mais moderno.

De onde veio?

STATUS 47 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

Há quem diga que o hambúrguer é uma variação do famoso steak tartare, que nasceu na Europa e leva carne moída crua, diferentes temperos e uma gema de ovo, para dar liga. Mas o sanduíche tal qual o conhecemos nasceu mesmo nos Estados Unidos, onde é ícone da gastronomia do país. Para conhecer mais sobre a história desse clássico da culinária, vale conferir o livro Hambúrguer – uma história global (Editora Senac São Paulo, R$ 50). editorasenacsp.com.br

O mais caro do Mundo

STATUS 47 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

Pode um hambúrguer custar mais de R$ 5 mil? Chris Large, chef do restaurante Honky Tonk, em Londres, acredita que sim. Para fazer o glamburger, ele usou os ingredientes mais caros disponíveis. A carne é de wagyu, boi criado no Japão para atingir o máximo de maciez. Dentro do hambúrguer vai um pedaço de queijo brie com trufas negras. Por cima, o chef colocou uma lagosta cozida com açafrão iraniano, bacon, caviar beluga e um ovo de pato defumado coberto com folhas de ouro comestível. Para finalizar, trufas brancas de Alba, consideradas as melhores do mundo. Com tudo isso, o sanduíche sai por 1,23 mil libras (cerca de R$ 5,6 mil) e conquistou o título de hambúrguer mais caro do planeta.

 

NOVAS MORDIDAS

Brothers’ Burger

STATUS 47 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

O carro-chefe dessa casa no Rio de Janeiro é o monster, hambúrguer de 180 g feito a partir de um blend de carnes bovinas, queijo, maionese da casa, bacon, tomate, alface, cebola caramelizada e pickles. Também oferece as versões “baby”, com 120 g, e “extreme”, com três hambúrgueres de 120g.
brothersburgerrj.com.br

Holy Burger

STATUS 47 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

Oferece sete hambúrgueres, do simples cheeseburger até o original (carne, queijo cheddar, cebola caramelizada, bacon e maionese da casa no pão preto), com preços que vão de R$ 19 a R$ 25.facebook.com/holyburgersp

Tria

STATUS 47 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

O foco da casa é a comida brasileira e a cerveja artesanal, produzida ali mesmo pelo dono, Frank Skwirut. A partir deste mês, o restaurante traz versões com ingredientes inusitados, como os hambúrgueres de pirarucu, frango com pequi e guariroba e jacaré. mundocervejeiro.com.br

Wings Burger

STATUS 47 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

Graças ao sucesso de lanches como o red wings (hambúrguer de fraldinha, pasta de cinco queijos, maionese trufada, tomate marinado, alface e pepino),o Wings Burger, do chef Alex Caputo, em breve vai ganhar endereço fixo no na Zona Sul de São Paulo. facebook.com/wingsburgerbr

 

Veteranos em ação

STATUS 47 - APPROACH, ÁGUA NA BOCASTATUS 47 - APPROACH, ÁGUA NA BOCA

Sempre presentes nas listas de melhores hambúrgueres de São Paulo, as lanchonetes Meats (1) e Z Deli (2) estão expandindo as operações. A segunda loja do Meats, do chef Paulo Yoller, foi aberta no espaço onde funcionava o antigo Rockets, nos Jardins. Já a segunda unidade do Z Deli, do chef Julio Raw, conta com um grande salão na rua dos Pinheiros e oferece mais opções que a matriz, que fica em um espaço pequeno na rua Haddock Lobo. restaurantemeats.com.br  zdelisanduiches.com.br

 

 FESTA DO HAMBÚRGUER

O lanche criado nos EUA é tão popular aqui no Brasil que tem até festivais dedicados especialmente a ele. O SP Burger Fest acontece duas vezes por ano, um em cada semestre. A próxima edição será realizada entre os dias 15 e 30 deste mês e terá mais de 70 casas oferecendo versões especiais do sanduíche. Além de São Paulo, o evento acontece em outras datas em capitais como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Recife e Vitória.
O CWBurgerFest segue o mesmo formato, mas é realizado apenas em Curitiba.
facebook.com/spburgerfest   facebook.com/cwburguerfest