CONTRA-ATAQUE

A onda de treinos que rejeita os aparelhos de musculação e privilegia exercícios que utilizam pouco ou nenhum equipamento tomaram parques e praças das cidades. Confira o que algumas academias de São Paulo e Rio de Janeiro estão fazendo para lidar  com a moda dos treinamentos ao ar livre  

 

Por Piti Vieira

 

STATUS 51 - CORPO E MENTE

Combine by Ziva
A aula, que acontece nas praias do Leblon, Copacabana e Barra, no Rio de Janeiro, e em Icaraí, em Niterói, utiliza o peso do corpo e potencializa os resultados com kettlebells (peso em forma de bola com uma alça), cordas e TRX. “O Combine gera um déficit na demanda de oxigênio para o sistema aeróbio que acelera o metabolismo por até duas horas após o término da aula. É uma excelente opção para ganhar massa muscular e diminuir o percentual de gordura, principalmente a visceral”, diz Gabriel Signorelli, coordenador de programa da academia Bodytech. “É uma forma de utilizar a praia para fazer um complemento do trabalho. Uma válvula de escape para o cliente que está de saco cheio do dia a dia da academia”, diz Eduardo Netto, diretor técnico da rede de academias. O treinamento volta à grade de aulas em outubro. bodytech.com.br

Cross Sett

STATUS 51 - CORPO E MENTE
Baseado em três pilares – levantamento de peso, calistenia (técnica que utiliza apenas o peso do corpo) e cárdio –, o treinamento é uma roupagem mais palatável do crossfit, sem tanta carga e com menos movimentos olímpicos. “Um funcional bem mais puxado do que as academias costumam apresentar”, diz Flavio Settani, idealizador do projeto e proprietário da SETT, em São Paulo. “Nosso treinamento entrega uma variedade de exercícios sem repetições, visando a melhora do estado físico e o desenvolvimento da força, da coordenação, da flexibilidade, da velocidade e da resistência muscular”. A sala de treino, no Itaim Bibi, em São Paulo, com teto retrátil, tem atraído adeptos do mahamudra (modalidade esportiva que mistura crossfit, artes marciais, meditação e ioga, praticada somente ao ar livre) e blogueiras fitness, como Gabriela Pugliesi. crosssett.com.br

Bio VIPR

STATUS 51 - CORPO E MENTE
O novo e exclusivo treinamento de algumas unidades paulistanas da Bio Ritmo tem apenas 30 minutos de duração e queima até 500 calorias. A aula utiliza um cilindro feito de uma borracha densa com três alças, disponíveis em cinco diferentes cargas, de 4 a 12 quilos. O objetivo é realizar movimentos integrados com carga e exercícios voltados para trabalhar o core, conjunto de músculos na região do abdômen e da lombar. “A aula é dividida em três blocos, cada um com quatro exercícios de um minuto, como avanços, agachamentos e flexões, por exemplo”, diz Julia Michelin, professora da rede. Para Saturno de Souza, diretor técnico da Bio Ritmo, a ideia de trazer a novidade para dentro da academia – fora do Brasil ela é feita ao ar livre – surgiu porque ela melhora força, estabilidade, potência e flexibilidade, e ainda proporciona ganho de resistência e de coordenação. bioritmo.com.br

Runner Extreme

STATUS 51 - CORPO E MENTE
Lançada em maio, a nova aula da Runner combina o treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) com uma releitura da calistenia. O treino utiliza exercícios como barra, prancha, agachamentos, saltos, flexões, entre outros, e promove alto gasto calórico (chega a queimar mil calorias em 45 minutos). “Começamos com um aquecimento com minicircuito para cada segmento corporal, depois vem o burpee (agachamento, flexão de braços e salto vertical), e, para fechar, um desafio, que é uma sequência com tempo ou repetições”, diz Caio Fittipaldi, encarregado da capacitação dos treinadores de Runner Extreme na rede de academias. “A proposta é refazer exercícios que os alunos já estão acostumados, mas em menor tempo e de maneira mais intensa, sempre focados na qualidade de execução, para evitar lesões”. runner.com.br

Soccer Cia

STATUS 51 - CORPO E MENTE
Com duração de 45 minutos, Soccer Cia é uma aula da Cia Athletica em que todos os movimentos simulam treinos e jogos reais de futebol. O foco está na preparação física do esporte, ou seja, prioritariamente é trabalhada a parte inferior do tronco – abdômen, quadril e pernas. Por ser uma aula intervalada e intensa, pode-se queimar até 600 calorias, dependendo do organismo e da intensidade com a qual o aluno pratica. O treino, que conta com acessórios como bolas, cones, marcadores de circuito, cordas e cintos de tração, é dividido em cinco etapas: alongamento, aquecimento, PCA (desenvolvimento de potência, coordenação e agilidade técnica), fase metabólica (desenvolvimento de resistência de força e resistência cardiovascular em média e alta intensidade) e desaquecimento para descontrair e baixar a frequência cardíaca. ciaathletica.com.br